Livro sobre a história dos sertanejos cearenses será lançado na Fundação Sintaf

18


No próximo dia 30 de setembro, encerrando o mês do fazendário, o servidor Cicinato Ferreira Neto lançará, na sede da Fundação Sintaf, o seu novo livro: “1915: a história dos sertanejos cearenses no ano da seca”. O evento, que conta com o apoio do Sindicato e da Fundação Sintaf, terá início às 17h30 e será seguido de coquetel e música ao vivo.


 


Segundo o autor, o livro é resultado de ampla pesquisa em arquivos do Ceará e de outros estados – jornais, revistas, fontes primárias e secundárias, além de manuscritos. O objetivo do trabalho é entender como foi o cotidiano dos sertanejos e dos próprios cearenses, de maneira geral, no ano de 1915, marcado por grande estiagem, a qual ficou celebrizada na literatura através do romance da cearense Raquel de Queiroz. 


 


Na publicação, de 304 páginas, Cicinato escreve um ensaio sobre a história da seca, analisa a postura do governo e das autoridades, descreve a postura dos cearenses na quadra de dificuldades, fala sobre trabalho e migrações, enfim, tenta dar uma contribuição à historiografia cearense, ainda com poucos escritos dessa natureza. As fotos e ilustrações ajudam a contar um pouco mais sobre período de grandes privações para o povo cearense.


 


Cicinato Ferreira Neto já lançou outros dois livros: “A Misteriosa Vida de Lampião” (2008) e “A História do Fisco Cearense” (2012).


 


Agende-se


 


Lançamento do livro “1915: a história dos sertanejos cearenses no ano da seca”


Data/hora: Dia 30 de setembro de 2015, a partir das 17h30               


Local: Sede da Fundação Sintaf (Rua Padre Mororó, 952 – Centro)


 


 


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here