Fundação Sintaf: quais os desafios e perspectivas das atividades desenvolvidas pela instituição?

29



 


 


A Fundação Sintaf é uma instituição de ensino e pesquisa que foi criada pelo Sindicato dos Fazendários (Sintaf), em 2008, com o intuito de desenvolver atividades e ações de cunho técnico, científico, cultural e social. Ao longo de sete anos de existência, a entidade tem firmado parcerias junto ao setor privado, a outras organizações do terceiro setor e à administração pública, na intenção de promover o aperfeiçoamento profissional dos diversos agentes sociais, assim como aprimorar, na plenitude, o desenvolvimento intelectual e humano.


 


A instituição já disponibilizou, diretamente ou por meio de convênios com outras instituições de ensino e pesquisa, diversos cursos profissionalizantes e de pós-graduação nas áreas: tributária, gestão pública, saúde e desenvolvimento humano. Com isso, a Fundação amplia sua inserção na sociedade, avança na captação de recursos próprios e cumpre sua missão.


 


Conforme destaca Germana Belchior, diretora técnico-científica da Fundação Sintaf, para que a entidade possa crescer e se firmar, cada vez mais, como uma instituição voltada ao ensino e à pesquisa, é preciso se abrir para as demandas da sociedade. “Os cursos que estão sendo oferecidos na área da psicologia, por exemplo, têm tido resultados bem interessantes, tanto do ponto de vista da formação profissional, como estão permitindo que a Fundação possa captar recursos financeiros e humanos”, ressalta Germana. 


 


Sobre as atividades na área social e humana, Germana Belchior observa que o desenvolvimento humano e a inclusão social são objetivos da Fundação, o que justifica as atividades direcionadas aos moradores de comunidades circunvizinhas às unidades da Sefaz, que são desenvolvidas em parceria com a Secretaria da Fazenda (Sefaz), Sintaf e outros parceiros. 


 


“Temos que ampliar os nossos horizontes e perceber que a Fundação, apesar de ter sido constituída pelo Sintaf, tem objetivos diferentes e complementares, e está caminhando para se tornar uma instituição de ensino superior, cuja exigência é a Responsabilidade Socioambiental. Nossas atividades são desenvolvidas para o servidor fazendário e para toda a sociedade”, enfatiza Germana. 


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here