Fundação Sintaf e Coordenação Regional prestigiam o relançamento de “Império do Bacamarte”

114
Liduíno Brito, Luiz Carlos Diógenes e Célia Elói no evento de lançamento

Marco na historiografia política do Ceará, o livro de Joaryvar Macedo, uma abordagem ampla e clara sobre a temática do coronelismo no Cariri cearense, foi relançado no Salão de Atos da Urca na última sexta-feira (4/3) 

O diretor-geral da Fundação Sintaf, Liduíno de Brito, e os coordenadores regionais do Sintaf no Cariri, Célia Elói (titular) e Luís Carlos Diógenes (adjunto), estiveram na cidade do Crato na sexta-feira passada (4/3) para prestigiar o lançamento da nova edição do livro de Joaryvar Macedo, um dos mais autênticos pesquisadores da história do Ceará. “Império do Bacamarte” é seguramente o mais completo ensaio do gênero até hoje escrito no Nordeste brasileiro.

Publicado originalmente em 1990 pela Universidade Federal do Ceará (UFC), a obra resulta de extensa pesquisa sobre os principais acontecimentos envolvendo o coronelismo no interior do estado, mais especificamente na região do Cariri. Em 2022, celebram-se os 30 anos do lançamento da primeira edição e de falecimento do escritor, historiador e professor nascido em Lavras da Mangabeira. A presente publicação, ampliada, traz fotografias de época e análises sobre a obra e o autor.

“O livro é um recorte histórico preciso do final do século XIX e início do século XX, envolvendo as cidades do Cariri. Se a história do Brasil passa pela do Ceará, a história do Ceará passa inevitavelmente pelo Cariri. Os maiores movimentos do século XIX ocorreram lá, como a revolução de 1817 e a Confederação do Equador de 1824”, destaca Liduíno, que lera já o livro em sua versão original. “Mulheres como Bárbara de Alencar, uma das primeiras heroínas a dignificar a história do nosso estado, e Dona Fideralina Augusto, a Matriarca do Sertão, estão nas páginas desse belo livro”.

Fundação Sintaf e cultura cearense 

“Temos por missão promover a divulgação do conhecimento científico, tecnológico, educacional e artístico através da edição de livros, periódicos e de outras formas de comunicação, em especial a promoção e o apoio a eventos culturais e científicos, com ênfase à história do povo cearense”, ensina o presidente Liduíno, que estuda a possibilidade de fazer o lançamento de “Império do Bacamarte” em Fortaleza, junto do Instituto Cultural do Cariri e da Ayni Produções Culturais, responsáveis pelo livro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here