Endometriose é tema de edição do Café com Cidadania no Poço da Draga

99

Na tarde desta segunda-feira (24) a edição mensal do Café com Cidadania realizado pela Fundação Sintaf na Comunidade do Poço da Draga, em Fortaleza, abordou o tema “Vivendo com Endometriose”. A programação contou com o apoio do CF – Centro de Formação, Consultoria e Assessoria LTDA e da ONG Velaumar.

A facilitadora convidada foi a Dra. Cristiane Caúla Lopes, professora, que convive com a doença ginecológica, que altera o funcionamento natural do útero feminino e ocasiona dores e sangramentos. A dinâmica utilizada durante o encontro possibilitou que as moradoras participantes interagissem fazendo perguntas e partilhando suas experiências – entre as presentes, três afirmaram ter a doença.

A endometriose acontece quando o endométrio cresce fora do útero, em órgãos como bexiga, ovários e até intestino. Esclareceu a Dra. Cristiane. Após o período menstrual, o corpo tende a expelir o endométrio natural pela menstruação, o que não ocorre com quem possui endometriose, já que o tecido está em outras cavidades internas do corpo, gerando inflamação e cicatrizes.

A facilitadora fez um fechamento da roda de conversa compartilhando contatos da rede de apoio para quem apresentar sintomas da doença. Ao final do evento, além de oferecer um lanche aos participantes, a Fundação Sintaf distribuiu um folder informativo que produziu sobre o tema.

Veja o convite para o Café com Cidadania de julho e o folder sobre o tema do encontro.