Adeus, Rosa Guerreira

26

ADEUS, ROSA GUERREIRA!

É com pesar que nos despedimos de Rosa da Fonseca, a “madrinha das mangueiras” da Fundação Sintaf, que nos deixou nesta quarta, 1º de junho.

Professora, ex-vereadora, ex-presa política, militante, líder do movimento Crítica Radical, Rosa sempre lutou pelos direitos sindicais e dos necessitados, desafiou a ditadura militar. Uma figura demais conhecida, de vinculações acentuadas com a sede da Fundação Sintaf.

Foi proprietária do prédio que hoje abriga a Fundação, e o vendeu ao Sintaf com a condição de que as mangueiras no quintal fossem preservadas, e que o Crítica Radical teria ali um lugar para se reunir, sempre que precisasse. Desde então, não raro era vê-la à sombra das árvores, reunida com companheiros de causa.

A diretoria da Fundação Sintaf deixa sua homenagem a essa mulher guerreira, que dedicou a vida às lutas pelo povo, pelas mulheres, pelo meio-ambiente e pela justiça. Salve, Rosa Fonseca!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here