AAFEC dá início ao programa “Empreender para viver bem”

17


A AAFEC deu início na última quinta-feira (16/2) a mais um projeto inovador. Trata-se do programa “Empreender para viver bem”, cuja proposta é empoderar fazendários filiados e seus familiares diante de sua própria capacidade e talento para empreender, buscando uma mudança de vida com mais saúde e bem estar. 


 


O programa é uma iniciativa da AAFEC, por meio de seu Núcleo de Assistência Jurídica, Emocional e Financeira (NAJEF), com o apoio do Sintaf, da Fundação Sintaf, da Cafaz Saúde e da Cafaz Corretora. 


 


No primeiro momento, o programa realiza minicursos em sete módulos distintos, com carga horária de 48 horas/aula, ministrada pela instrutora e coach Patrícia Campos. No segundo momento, haverá atendimento individual para a construção dos modelos de negócios de cada participante, incluindo consultoria financeira e análise de projeto. Neste caso, a orientação ficará a cargo da coordenadora do NAJEF, a advogada e consultora Fernanda Cláudia Silva de Paula. 


 


“Cada projeto surge para atender a uma demanda”, ressaltou a diretora financeira da AAFEC, Elenilda dos Santos, na abertura do curso. “A ideia deste projeto surgiu a partir das experiências do NAJEF. Diante do cenário de crise, as pessoas tendem a achar que está tudo perdido. E não é bem assim. Cada um pode se descobrir empreendedor”, afirmou, “Queremos dar suporte e sustentabilidade às ideias e projetos de vocês. Em vez de pensar na crise, crie!” 


 


“Estamos aqui para descobrir algo que nos realize. Em 1º lugar está a satisfação pessoal. Para empreender, é preciso colocar a alma”, destacou a instrutora e coach Patrícia Campos.


 


 


 


Quais os principais comportamentos empreendedores? 


 


Um bom empreendedor planeja todas as tarefas, revisa seu planejamento e monitora/analisa os resultados alcançados. Busca informações e consulta especialistas. Possui visão de longo prazo e estabelece metas de curto prazo mensuráveis. Busca melhorias para alcançar padrões de excelência a fim de satisfazer o cliente. Avalia as várias alternativas e calcula seus riscos, preparando-se com afinco para enfrentar os desafios. Responsabiliza-se em solucionar problemas, auxiliando e apoiando seus empregados. Compromete-se com seus clientes. É persistente e age positivamente. Antecipa-se na realização de ações antes de solicitado. Aproveita as oportunidades para expandir o seu negócio. Busca sua autonomia e possui autoconfiança. Estrategicamente, o bom empreendedor busca influenciar pessoas-chave e empenha-se em desenvolver e manter uma boa rede de contatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here